16/06/2012

Dez dicas para a reforma ideal


Seja para reformar um cômodo ou até mesmo uma casa, algumas técnicas e orientações precisam ser consideradas antes de colocar o projeto em prática.

Para que a ideação funcione sem nenhum problema durante ou depois da obra, resolvemos dar algumas dicas de como lidar com todo esse processo e planejamento. 

Confira:

1. Consertos e reparações

Faça um levantamento de tudo que precisa ser consertado, reparado e modificado. A partir disso, ficará mais fácil para identificar o tamanho da reforma, se precisará de alguma licença de construção, quais materiais comprar, móveis a serem trocados, a quantidade ideal de profissionais envolvidos, entre outros aspectos que considerar importantes.

2. Canos e esgoto

Dependendo o tipo da reforma, é recomendável que verifique o estado do encanamento e o tratamento de esgoto adotado na região da obra. Peça o auxílio de especialistas no setor de saneamento e, se necessário, utilize de serviços como desentupimento, hidrojateamento e canalização.

3. Fóruns sobre construções e reformas

Hoje, a internet é uma importante ferramenta usada para tirar as dúvidas que surgem sobre um determinado assunto. Em questões de reformas e construções, isso não é diferente. Busque informações e experiências de pessoas que já passaram pela mesma situação que você, em fóruns, sites e blogs da área. Acompanhe os comentários, as opiniões e as melhores sugestões de como fazer a obra dar certo.

4. Empresa de confiança

Ainda é comum pedir conselhos e orientações a familiares e amigos, que sempre tem um pedreiro ou carpinteiro pronta indicação. Contudo, o mais adequado é realizar uma pesquisa para conhecer a equipe de profissionais deempresas de construção e reformas. Tire todas as dúvidas, faça orçamentos, veja o tempo que levarão e se o serviço oferecido agregará valor e qualidade à obra.                                        
                               
5. Cronograma de obras

Assim que definir a empresa e/ou os profissionais que assinarão a reforma, monte um cronograma de tarefas e prazos para que você possa acompanhar o andamento do processo. Qualquer imprevisto, problema ou dúvida, questione o fluxo de trabalho e serviço apresentado.

6. Mudança de ares (cores, móveis novos)

Aproveite a reforma para pensar na identidade visual do local. Mude as cores, inove nos móveis e o mais importante: sinta-se bem com o ambiente. Se achar necessário, procure por um decorador e respire novos ares e um local totalmente renovado.

7. Reforma sustentável

Sustentabilidade é pauta para toda e qualquer reforma. Se existir a possibilidade de instalar móveis, equipamentos ou uso de materiais sem prejudicar o meio ambiente, é um diferencial a ser considerado. O método mais comum é a utilização de sistemas de energia solar. Estudeessa oportunidade e converse com os profissionais envolvidos na obra, quem sabe eles também não sejam especialistas nessa área.

8. Materiais

Evite materiais tóxicos e de baixa qualidade. Como algumas empresas já oferecem todo o material necessário para a reforma, verifique a procedência, propriedade e condição dele. Questione também a resistência e a durabilidade.

9. Economia e qualidade

Faça orçamentos, pesquisas de mercado e opte pelo melhor, que engloba qualidade e preço. Fique atento às marcas e ao que é falado sobre elas, porque nem todo material barato é sinônimo de algo bom. Isso também vale à empresa contratada para a reforma, já que existe muita “picaretagem” por aí. Procure sobre a companhia nos fóruns online, veja se está regulamentada e se o valor cobrado pela reforma é condizente com o tamanho da obra.

10. A obra dos sonhos

Depois de seguir todas essas dicas, comemore! A reforma de seus sonhos será concluída com cuidado, segurança, qualidade, pesquisa, bons preços e o melhor, de acordo com o seu gosto. 


0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial