28/03/2012

Chocolate: verdades X mentiras


A páscoa está chegando e a vontade de comer chocolate parece que só aumenta nessa época.

Mesmo sendo considerado o grande inimigo das dietas, o chocolate continua liderando o ranking dos alimentos mais desejados por homens e mulheres.

A informação não surpreende: além de agradar diferentes paladares, ele tem o poder de aliviar o estresse e a ansiedade.

"Só devemos maneirar na quantidade, por causa do excesso de açúcar e gordura que ele tem", alerta a nutricionista Daniela Silveira, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Confira os principais mitos sobre a guloseima abaixo.

As verdades

- Faz bem à saúde 
Apesar de calórico, o chocolate contém cálcio, sais minerais, vitaminas A, B, C, D, E e alta concentração de substâncias antioxidantes, que retardam o envelhecimento. Ainda ajuda a diminuir os níveis de LDL, considerado o colesterol ruim.

- Alivia a TPM 
Que criatura ansiosa, irritada ou deprimida vai recusar a sensação de prazer e bem-estar que ele proporciona ao estimular o sistema nervoso central?

- Emagrece Um pedacinho do amargo, em jejum, reduz o desejo por doces ao longo do dia e acelera o metabolismo, facilitando a perda de peso.

- Dá enxaqueca 
Pessoas sensíveis realmente podem sofrer com a cefaleia, devido à presença de cafeína em sua composição.

As mentiras

- Chocolate faz mal ao coração Só o tipo amargo, se for consumido em excesso. Ele pode entupir os vasos sanguíneos, causando problemas cardíacos.

- O diet emagrece Como essa versão tem mais gordura do que a tradicional, tem também mais calorias, e, assim, não emagrece nem em sonho!

- Chocolate vicia 
Não há substância que vicie, o que nos faz pedir bis é o prazer momentâneo que dá.

- Dá espinhas 
Esse problema está mais relacionado com questões hormonais e genéticas

Adaptado: mdemulher.abril.com.br

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial