16/10/2011

Suplementos de Proteína


As proteínas são parte considerável da composição da célula muscular, por isso, são essenciais para o crescimento e recuperação dos músculos.

No mercado temos uma série de suplementos a base de proteína, com diferentes composições.

A ingestão de suplementos de proteína é indicada para pessoas que treinam todos os dias e tem objetivo de ganhar massa muscular. É sempre bom lembrar que a prescrição deve ser realizada por um nutricionista que também será responsável por elaborar uma dieta adequada.

Vamos ver alguns dos suplementos de proteína presentes no mercado:


WHEY PROTEIN

Proteína alta qualidade e de rápida digestão, muito comum na maioria dos suplementos de proteínas e “shakes” que substituem refeições. Estudos apontam que o consumo do produto após o treino tem maior impacto no crescimento muscular do que a caseína e a proteína de soja.

Por ser extraída do soro do leite ajuda o desenvolvimento do tecido muscular, combate os radicais livres, fortalece o sistema imunológico e reduz os sintomas do overtraining (excesso de treinamento).

Como utilizar: Sempre antes e após o treino. Consumir logo pela manhã também apresenta efeitos satisfatórios


CASEÍNA

É uma proteína altamente eficaz também encontrada no leite. Caseína não é de rápida absorção, como soro de leite, mas devido à sua digestão mais lenta e constante liberação de aminoácidos, também é o complemento perfeito para o seu shake após um treino intenso.

Um estudo mostrou que homens que consumiam uma mistura de soro de leite e caseína após os treinos por 10 semanas ganharam mais massa muscular do que aqueles que consumiram apenas whey protein.

A caseína é rica em glutamina , um aminoácido que melhora o sistema imunológico, ajuda a preservar o tecido muscular, diminui a fadiga e juntamente com outro aminoácido, a arginina, supostamente aumenta os níveis do hormônio do crescimento (GH).

Como utilizar: Após o treino e antes de dormir.


PROTEÍNA DE SOJA:

Uma ótima opção natural de suplemento, soja tem mais proteína que a carne, peixe ou ovos, além de muitos nutrientes essenciais, como a glutamina e a arginina, que além de ajudar na recuperação, facilita o anabolismo.

Alguns estudos mostram que a proteína de soja ajuda no aumento da massa muscular e ajuda também na redução da gordura corporal.

Como utilizar: consumir após o treino em shakes ou nas refeições.


PROTEÍNA do OVO – ALBUMINA

A proteína do ovo é geralmente obtida da clara do ovo por não conter gorduras e colesterol, e ter altas concentrações de aminoácidos como a leucina e arginina, fundamentais na composição do tecido muscular.

Arginina , um aminoácido considerado precursor da liberação natural do hormonio do crescimento (GH), converte-se em óxido nítrico, que dilata os vasos sanguíneos, permitindo mais fortalecimento muscular através de uma melhor entrega de nutrientes e oxigênio para os músculos em treinamento.

Pesquisas sobre a proteína do ovo confirmam que ela ajuda no ganho muscular, fornece uma fonte de energia sustentável e promove a saciedade.

Como utilizar: pela manhã, antes e após o treino.


COMBINANDO PROTEÍNAS

A melhor sugestão talvez seja a combinação destas principais proteínas ao longo do dia para garantir mais resultados e conseguir um melhor aproveitamento de cada proteína ingerida.

A whey protein, por exemplo, tem uma assimilação mais rápida e também uma “queima” mais rápida.

Já a da soja é mais lenta, mas também mais suave e continuo o aproveitamento.

Lembre-se, sempre consulte um nutricionista e um profissional de Educação Física.

Texto Adaptado: sejaomelhor.com

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial