27/09/2010

A eleição das árvores


Aproveitando a entrada da primavera e o momento em que estamos prestes a escolhermos os novos comandantes de nosso país, este texto do Velho Testamento traz uma reflexão muito interessante para todos nós.

"As árvores decidiram escolher uma que reinasse sobre elas. Pensaram em algumas candidatas, queriam fazer uma eleição direta para que todas participassem do processo eletivo. Então foram conversar com a primeira indicada.

Essa não poderia deixar de ser o primeiro nome da lista, pois era muito famosa por suas qualidades, mas a Oliveira recusou no ato, disse que não renunciaria ao seu azeite tão precioso aos homens para ficar se balançando por sobre as árvores.

A segunda indicada era a Figueira, famosa por sua grandeza em virtudes. Essa também não pensou duas vezes para recusar o convite. Disse que não estava disposta a abandonar sua doçura e saborosos frutos.

A terceira indicada também recusou de pronto. A videira respondeu que não deixaria de fornecer seu vinho novo aos homens, ele que faz a alegria de todos.

As árvores ficaram sem suas melhores opções. Não sabiam mais quem convidar para a tarefa de governá-las.

Pensaram, pensaram e então concluíram que só lhes restara o Espinheiro.

Não era a árvore mais indicada, não era esta a mais querida, nem aquela que reunia em si grandes qualidades, ela tinha até uma má fama, mas não tinham escolha e foram falar com essa última.

Ao receber o convite para reinar sobre todas as árvores, eis que não titubeou e respondeu aceitar o convite ordenando que todas as árvores se abrigassem à sua sombra. O Espinheiro gostou muito do convite, pois receberia um grande poder e já ameaçou que faria sair fogo dos espinheiros para punir quem não quisesse se sujeitar a ele.

O desejo de exercer o poder sobre os outros é compensação da ausência de qualidades. A obsessão pelo poder revela falta de caráter. Antes de escolher um candidato para governar sobre você, pense nesta história da Bíblia (Juízes, 9).


Texto retirado do Blog Seja Autêntico do padre Abério Christe.


Visite!


0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial