18/04/2010

Curiosidades sobre Ouro...


Uma pepita de ouro de 30 gramas é mais rara de encontrar que um diamante de 5 quilates.


O ouro pode ser obtido da platina por reação nuclear. Mas, devido à raridade da platina, é um processo demasiado caro.


A maior pepita de ouro já encontrada foi batizada “Welcome Stranger” e foi descoberta por John Deason e Richard Oates, na Austrália em 5 de fevereiro de 1869. A pepita tinha peso bruto de 78 quilos e rendeu 71 quilos de ouro puro. Inacreditavelmente ela foi encontrada a apenas 5 centímetros abaixo da superfície do solo.


O ouro é tão pesado que um cubo de ouro com lados de 30,5cm pesa meia tonelada.


A última Olimpíada em que as medalhas eram de ouro maciço foi a de 1912. Atualmente, as medalhas olímpicas são cobertas por 6 gramas de ouro.

Os quilates podem ser 10, 12, 14, 18, 22 e 24. Quanto maior o número, maior a pureza. O ouro puro, de 24 quilates, é tão macio que pode ser moldado com as mãos.


O ouro é tão maleável que torna possível produzir uma folha tão fina que a luz do sol consegue atravessá-la.


Uma autêntica pepita de ouro é considerada uma pedra preciosa devido a sua raridade e beleza.
O ouro e o cobre foram os primeiros metais descobertos pela humanidade, por volta de 5000 aC.


Devido ao seu alto valor, a maior parte do ouro descoberto em toda a história ainda está em circulação. No entanto, estima-se que 80% do ouro do mundo ainda está para ser descoberto. Portanto, não desista.


0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial