06/02/2010

Fim do Buraco na camada de Ozônio


O buraco da camada de ozônio está quase fechado

Se você tem mais de 25 anos deve se lembrar do grande movimento ambientalista contra os gases que estavam destruindo a camada de ozônio nos anos 80 e 90.


O movimento deu certo, o buraco da camada está se fechando, o problema é que com o fechamento, estudiosos acreditam que o aquecimento global possa ser agravado em algumas regiões do hemisfério sul como dia a reportagem da BBC.


O buraco de ozônio provoca ventos de grande velocidade, o que faz com que as nuvens mais úmidas e luminosas durante o verão atuem como espelhos refletindo os raios do sol e contribuindo para tornar a atmosfera antártica mais fria.


Os cientistas afirmam que quando o buraco finalmente fechar, estes ventos deixarão de existir e portanto acelerará o aquecimento dessas regiões.


Destruir a camada de ozônio novamente não deve ser a solução, o ideal é reduzir o quanto antes as emissões dos gases de efeito estufa, porque isso é o que causará ainda mais a aceleração do aquecimento quando já não exista um processo de esfriamento.


Adaptado: MDig

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial