31/10/2009

A dor de lado


Geralmente chamada de ‘dor de lado’ é um sintoma muito freqüente nas aulas de Educação Física e na prática de esportes em geral.

É muito comum a pessoas associarem esta dor a falta de resistência ou a uma repiração incorreta.

Mas, de fato, o que é a tal ‘dor de lado’?

O ser humano é um animal preguiçoso por natureza, tudo que ele faz é com o objetivo de reduzir seus esforços.

Isso também se dá com a respiração. A nossa capacidade pulmonar pode chegar durante uma atividade física intensa, a cerca de 5 litros de oxigênio em uma inspiração.

Só que quando não estamos em esforço máximo, nosso corpo se contenta com uma menor quantidade de oxigênio.

Temos então o hábito de respirar apenas o suficiente para nossa sobrevivência, ou seja, o mínimo necessário. O problema é que nosso corpo se acostuma com essa quantidade e quando precisamos de mais, ele sente falta e não consegue dar conta do trabalho a mais.

Neste momento é que surge a dor, pois o oxigênio é fundamental para o esforço físico, e como a quantidade mínima não é mais suficiente, nossos pulmões avisam o cérebro através da dor que precisam de uma respiração mais completa.

Dificilmente o ar chega até o ‘fim dos pulmões’, e é justamente nesta região onde sentimos a dor. Muitas vezes a dor nos faz até para a atividade física.

O ideal é educar a respiração desenvolvendo a respiração completa, utilizando sempre o músculo do diafragma. Isso vai ajudar a quando precisarmos de mais oxigênio, nosso corpo consiga dar conta de atender as necessidades dos músculos.

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial