16/04/2009

Música X Barulho


Todos nós com certeza sabemos distinguir a diferença entre música e barulho, ou pelo menos acreditamos que sabemos.

O que quero dizer é que, dependendo da situação, até uma música clássica pode se transformar em barulho e prejudicar nossos ouvidos.

É comum julgarmos os estilos musicais, aqueles que não gostamos costumamos considerar como barulho, musica ruim, chata ou desagradável. Este tipo de música, nunca gostamos de escutar.

Porém, hoje a tecnologia traz a música para o dia a dia e é comum realizarmos as tarefas rotineiras ouvindo música, isso acontece no carro, no ônibus, no trabalho, entre outros.

O som contínuo do fone em nossos ouvidos, ao longo do dia, pode com o tempo, prejudicar nossa capacidade auditiva, mesmo sendo uma música que nos agrada.

No ônibus, por exemplo, o barulho do motor e das pessoas conversando, nos leva a aumentar o volume do Mp3 e, sem percebermos, podemos estar colocando nossa audição em perigo.

Nossa capacidade auditiva agüenta 70 decibéis por no máximo 8 horas por dia sem sofrer danos. No transito, os ruídos chegam a tingir os 100 decibéis.

Num ambiente com 100 decibéis, a partir de 15 minutos, o ouvido humano já sofre danos que são irreversíveis.

A dica é sempre em locais barulhentos utilizar os protetores auriculares, ou sair por alguns minutos para um local mais silencioso.

Lembre-se, a nossa capacidade auditiva não se regenera.

Permanecer em locais barulhentos aumenta os níveis de stress e leva a distúrbios mentais a longo prazo.

Portanto, fique atento e cuide da saúde dos seus ouvidos!

1 comentários:

matheus disse...

era isso msm que eu tava procurando

vlw msm!

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial